segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Grammy Awards 2015 | Não, não, não e já disse que não?

Há coisas que simplesmente não se explicam como o mau gosto de algumas pessoas ou quando caiem da cama, batem com a cabeça, os neurónios têm ali um curto-circuito e resolvem pegar na primeira ou na última coisa que aparece. E como a passadeira vermelha não vive só de bons momentos eis o pior da noite.
Na fotografia abaixo não se vê a cara mas, se pela falta de juízo não adivinham quem é, dou-vos uma pista: a tão conhecida rainha do pop. Madonna apareceu nestes propósitos e desfilou assim pela red carpet. Esta senhora nunca jogou com o baralho todo, queiram desculpar-me. Há quem diga que não é apropriado para a idade dela mas, minhas caras leitoras, não é apropriado em idade nenhuma! E alguém me explica porque é que ela tem uma fita a segurar o rabito? O look Givenchy é um NÃO em letras garrafais!



E Joy Villa vem coberta de um saco de batatas em grande escala. A assinatura é Andre Soriano. Expliquem-me o sorriso de orelha a orelha que ela tem, a sério. É que para além de ser piroso, vê-se tudo, o que querem e o que não querem ver. Nem sei porque é que ela se deu ao trabalho de vestir alguma coisa.

Digam lá se não é tal e qual?
E Jenny Lewis decidiu antecipar o Carnaval com um blazer algo circense tingido com as mais diversas cores num smoking Aritzia. Lá achou que não chegava e ainda juntou uns óculos espelhados. Fail!

Jenny Lewis, Grammy Awards

Charlie XCX também optou pela tendência do smoking num design Moschino e, tal como a Jenna, falhou redondamente. Eu não acho que ela seja um ícon no que diz respeito à moda então não estou tremendamente chocada mas há algo nela que me faz lembrar um coelho, talvez pelo casaco. O lacinho e as sandálias também não ajudam.

Charlie XCX, Grammy Awards

E Kim Kardashian reluziu mas não brilhou ontem à noite. O cinto dá-lhe um certo ar de robe chic. Não acertou no vestido Jean Paul Gaultier mas a maquilhagem nude fica-lhe muito bem.


Deixo para último a Rihanna porque regra geral ela costuma arrasar na red carpet com cores arrojadas e vestidos bem giros. Este é daqueles casos em que não há explicação. Acho que rosa não faz muito o género dela, é too girly e todo aquele volume dá-lhe um ar de pré-mamã. É uma criação Giambattista Valli.

Rihanna, Grammy Awards

Sem comentários:

Enviar um comentário

KEEP CALM & BE NICE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...