segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Grammy Awards 2015 | As eleitas

Ora vamos ao que interessa: "there's always a rainbow after the rain" (depois da chuva há sempre um arco-íris) que é como quem diz que o pior já passou. Vamos lavar as vistas.
Se é verdade que houve verdadeiro desastres na passadeira vermelha, também houve quem fizesse boa figura.
É o caso de Taylor Swift num vestido azul (que por sinal até é a minha cor preferida) que lhe realçava os lindos olhos azuis. Também gostei imenso do contraste das sandálias com o vestido. O modelito Elie Saab é super original e fica-lhe muito bem, 100% aprovada.

Também gostei muito da escolha de Antonique Smith num crop top combinado com a saia, com um padrão floral em tons de vermelho e preto. Geralmente não gostaria do conjunto porque tem cor, tem padrão, tem brilho (tudo junto) mas gosto, fazer o quê? Dá para perceber que a atriz está em perfeita forma física. A criação é Caché (ai deve ser preciso ter cachê deve).



Depois do arraso de Emma Stone num jumpsuit acho difícil superar mas a verdade é que esta tendência veio para ficar. Exemplo disso é Gwen Stefani que não se portou nada mal num design Versace. Os meus parabéns!


Quem também se destacou pela originalidade foi Anna Kendrick. Se nos Golden Globes achei que ela parecia muito menininha, ontem ela provou que sabe ser arrojada. Achei um look muito simples mas no bom sentido ("less is more"). Anna usou um smoking de assinatura Band of Outsiders.


Também gostei bastante do vestido de Meghan Trainor. Na minha opinião favorecia-a bastante, dando a ilusão de uma silhueta mais magra (não que ela seja gorda). Uma boa aposta nas transparências por parte da cantora num vestido preto Galia Lahav.

Sem comentários:

Enviar um comentário

KEEP CALM & BE NICE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...